Avenida República do Líbano, 849

Como o e-commerce revoluciona a venda de produtos

Você já sabe o que precisa fazer para levar seu negócio a outro patamar? Veja como o e-commerce pode ajudá-lo

 

Você já percebeu como o e-commerce transformou a forma das pessoas irem às compras? Além disso, o fortalecimento do comércio eletrônico possibilitou avanços interessantes em várias áreas. Uma delas foi a pesquisa de produtos.

Antigamente entrar e sair de várias lojas era a única opção para encontrar o produto ideal. Lembrando, é claro, de como o brasileiro gosta de uma boa pechincha, não é mesmo?  Mas qual é o grau de desgaste envolvido nessa maratona que o público está disposto a enfrentar?

Entretanto, precisamos considerar que hoje também temos o consumidor digital e que esse público quer praticidade para comprar. Se for possível sem sair de casa e com poucos cliques, melhor ainda.

Ou seja, também há aqueles interessados no caminho mais curto. Na jornada que evita passar por uma saga para ouvir de cada vendedor as explicações sobre as vantagens da marca A ou da linha B.

Por outro lado, seria um grande equívoco falar que esse comportamento vai substituir as formas tradicionais de busca de produtos. Certamente tem e sempre haverá espaço para agradar o público que prefere verificar pessoalmente os artigos disponíveis.

Isso sem falar que uma conversa com o atendente para saber os detalhes de determinado serviço continua com um apelo forte. O olho no olho ainda é válido.

A diferença que chamamos a atenção aqui é outra: hoje temos escolha. Podemos optar por gastar sola de sapato, ou não. Enfrentar trânsito, ou não. Conversar pessoalmente ou, virtualmente. Ver o produto em mãos ou só na entrega.

Em outras palavras, nosso alerta refere-se ao aumento da autonomia do consumidor.  E esta é apenas a ponta do iceberg quando nos questionamos o quanto o e-commerce revoluciona a venda de mercadorias.

Quer saber como? Nós explicamos.

 

Entendendo o universo movido pelo e-commerce

 

O e-commerce ultrapassou muitas barreiras que limitavam o alcance de uma loja física. Seus diferenciais vão desde a abertura de um nicho promissor até a  ampliação da capacidade operacional dos vendedores.

Pela lógica convencional, elementos como localização privilegiada, ambiente amplo para comportar produtos, atendentes e clientes são fundamentais. Portanto, agora com os smartphones, tudo isso cabe na palma da mão.

Esclarecemos isso porque nos canais digitais é possível comprar a qualquer hora. Em qualquer lugar. Basta um dispositivo com acesso à internet e pronto! Consequentemente, com o comércio online nos vemos diante de uma infinidade de alternativas no conforto do sofá da sala.

Conforme a pesquisa Webshoppers 2018, da Ebit/Nielsen (empresa especializada em dados sobre o e-commerce), os dispositivos móveis movimentaram R$ 17,4 milhões em pedidos. E este foi apenas o faturamento via mobile no primeiro semestre de 2018!

Outro estudo, o E-commerce Radar, da NeoAtlas (ferramenta de inteligência de dados) apontou que no mesmo período 60% das compras digitais tiveram origem em buscas no Google.

Acima de tudo,  esses são apenas alguns pontos que demonstram a capacidade de expansão do comércio eletrônico. Para esclarecer melhor esse potencial, listamos quatro fatores que colocam o e-commerce em uma posição estrategicamente competitiva no mercado. Confira:

 

1 – Estar onde os clientes estão

 

Antes da internet ter o potencial de negócios que conhecemos atualmente, era preciso atrair o público e levá-lo até a porta do seu comércio. Nessa situação o cliente vai até você. Mas seria possível fazer o caminho inverso, levando a sua loja até o consumidor?

Se pensarmos na importância de estar onde os clientes estão, este conceito não é tão de outro mundo. Considerando que as pessoas vivem cada vez mais conectadas, boa parte do tempo delas é atraído por sites e redes sociais. Portanto, qual o lugar desponta como um aliado para sua marca ser encontrada? A internet!

Para quem tem uma loja física pode parecer estranho ouvir que é preciso estar mais presente na vida do público. Afinal, você está ali, cara a cara com seus consumidores. Mas acredite, eles querem mais do que isso.

 

2 – A evolução da experiência do usuário

 

Imagine um negócio sempre aberto, funcionando 24h por dia, todos os dias da semana. E que encontra nos feriados uma chance ainda maior de vender. Falando assim parece que ninguém que trabalhe neste local vai ter uma vida normal, não é?

Nada disso! A evolução trazida pelo e-commerce veio para facilitar a rotina de muitos empreendedores. E os lucros também!

Uma das características marcantes do comércio eletrônico é a maior facilidade para segmentar o público e investir na oferta personalizada de produtos. Você sabia que é possível mapear as visitas ao seu site e ver qual o rastro seus clientes deixam?

Isso não só é viável, como é uma estratégia assertiva para conhecer melhor os desejos do cliente. Neste sentido, uma ferramenta interessante é o Google Analytics.  

Ao instalar o serviço gratuito de monitoramento de tráfego no seu site, loja virtual ou blog, você ganha ferramentas para entender sua audiência.

De que maneira os visitantes navegam pelas seções do seu site? O Analytics pode mostrar. Assim, sua loja consegue direcionar os produtos certos para o público com potencial interesse em efetuar essa compra.

Então se você não considerou isso antes, está  mais do que na hora de cogitar levar suas vendas para o e-commerce. Acompanhar a evolução digital é um fator importante para ser competitivo e conseguir alcançar novos mercados.

Por isso a pergunta que não quer calar é: sua loja ainda não está na internet? Mas a concorrência está!

 

3 – Os diferenciais do e-commerce

 

No e-commerce temos um alcance progressivamente maior. Pois não precisamos obedecer limites de capacidade das prateleiras ou de recebimento de clientes em um ponto comercial fixo.

Pelos meios eletrônicos há a possibilidade de usar os motores de busca online, como o Google, para ser encontrado. Mas como isso acontece?

O Google usa uma série de requisitos para definir a ordem de importância que um site aparece em sua home. A procura por palavras-chave dentro dos sites armazenados na internet é uma delas.

Ou seja, o buscador rastreia essas palavras e verifica quais correspondem ao que o internauta digitou na barra de pesquisa. E assim é feita a ordenação dos sites que aparecem nas primeiras posições na tela de pesquisa.

A quantidade de acessos é outro elemento importante para o Google. Isso ajuda a reconhecer a relevância de uma página e levar mais pessoas a encontrar seu e-commerce.

Resumindo, quanto mais visitantes virem suas páginas, maior será sua notoriedade “aos olhos do Google” e ainda mais público chegará até você!

Por isso, a chance ampliar o alcance de clientes é superior no e-commerce: uma simples busca na internet pode levar até sua loja!

 

4 – A vantagem de ser multicanal

 

Nosso objetivo aqui não é dizer que a venda presencial não basta mais. Pelo contrário! Queremos alertar que não é necessário escolher entre um segmento em detrimento do outro. Ambos nichos de varejo são complementares!

Por isso, a integração entre as lojas físicas e onlines é uma estratégia que merece ser explorada. Quem sabe o plus que você procura para expandir seu varejo esteja em transformá-lo em multicanal?

Os clientes podem começar a busca pelo produto na internet e concluir a compra pessoalmente no estabelecimento. Ou o inverso, quando o consumidor compra no site e retira o produto na loja física.

Imagine então os benefícios de ampliar sua rede de fornecedores! Ao desenvolver um proposta multicanal você consegue também reduzir o impacto dos custos do frete individual das mercadorias.

 

A logística ideal para o seu negócio

 

Enquanto você avalia se vale multiplicar sua chance de expansão abrindo um e-commerce, aqui vai mais uma dica: já pensou em ter condições de otimizar tanto a chegada dos produtos do seu estoque quanto a entrega das mercadorias vendidas?

Com as cotações de frete do Melhor Envio fica mais fácil tornar sua loja física ou virtual mais competitiva. Conheça a plataforma gratuita que já ajudou mais de 5 mil lojistas a transportar encomendas com agilidade e sem burocracia.

 

Acesse o site e confira todos os serviços oferecidos pela tecnologia.

Posts relacionados

Deixe um comentário