Voice commerce: o futuro da sua loja virtual.

Comandos de voz e conversas com atendentes virtuais via chatbot são práticas que estão cada vez mais integradas ao nosso dia a dia. Seja para tirar dúvidas, buscar um destino no Waze ou apenas se divertir batendo um papo com assistentes virtuais como a Siri e a Cortana, muitos usuários já experimentaram pelo menos uma vez esta tecnologia.

O progresso e a popularização do uso da voz para interação digital está possibilitando uma rápida mudança para os comércios eletrônicos. É só uma questão de tempo até que os clientes descubram como é conveniente, rápido e fácil fazer suas compras online usando a voz. Quem se adaptar à tecnologia primeiro vai sair na frente, é claro.

O voice commerce é a integração da inteligência virtual e o uso de comando de voz para facilitar a busca e o processo de compra do consumidor na internet. Já vem sendo usada nos Estados Unidos, onde os dispositivos de smarthome com assistentes de voz – como o Amazon Echo e o Google Home – são mais populares. Hoje é possível acessar a loja virtual da Amazon e fazer uma encomenda, sem usar nada além do comando de voz. Basta dizer “Siri, encomenda o livro X na Amazon” e a compra estará feita!

Como o uso do comando de voz tem sido cada vez mais corriqueiro para realizar buscas nos mais diversos aplicativos e plataformas, especialistas consideram que o voice commerce é a grande tendência para o e-commerce a partir do final deste ano. O recurso está no ponto de virada para se tornar ainda mais popular e, em breve, não vai ser nada estranho ver pessoas conversando com seus assistentes virtuais em todos os lugares.

Outra vantagem das lojas virtuais que oferecerem a possibilidade de voice commerce aos seus clientes será fazer o processo de compra ser mais natural e impulsivo. O cliente poderá, por exemplo, dizer para o assistente de voz do celular encomendar um remédio quando ele estiver com dor de cabeça. Ou um shampoo quando ele lembrar que o de casa acabou. O tempo entre a decisão de comprar e a conversão ficará muito mais curto, estimulando o consumo nas lojas que oferecerem esta facilidade.

Ainda existem muitos desafios pela frente para a implementação do voice commerce no Brasil, mas é interessante ficar de olho. A tecnologia já está sendo debatida nos principais fóruns e eventos do setor, então fique alerta para aproveitar esta tendência na sua loja virtual quando o momento chegar.

Confira também

Por 5 de fevereiro de 2018 às 2:50

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por 5 de fevereiro de 2018 às 2:50