Qual a diferença entre plataforma de e-commerce, ERP e hub?

Compreenda o que cada uma dessas soluções tecnológicas significa e saiba em que áreas o e-commerce pode contar com esse suporte para operar melhor

 

Está pensando em montar um negócio para vender produtos pela internet e não sabe por onde começar? Um bom ponto de partida é saber a diferença entre as principais soluções que a tecnologia oferece para facilitar o começo do seu projeto.

Ao fazer uma breve pesquisa, você irá se deparar com três modalidades principais: plataforma de e-commerce, ERP e hub. Mas o que cada uma delas significa? É exatamente isso que vamos tratar neste post, então continue com a gente!

 

O que é uma plataforma de e-commerce

 

Caracterizada como um dos principais elementos de uma loja virtual, a plataforma de e-commerce é o sistema que possibilita criar e gerenciar um comércio eletrônico. Ela serve como base para toda a operação de loja, no qual os vendedores digitais incluem produtos, preços e gerenciam estoques.

Como uma espinha dorsal do negócio, o ideal é que a plataforma consiga ir além de suas funcionalidades básicas de gerenciamento e visualização. Ou seja, ela deve funcionar também integradamente a outras ferramentas. 

Por isso, quando o assunto é vender pela internet, a escolha da plataforma de e-commerce está entre as principais decisões. Claro, existe a possibilidade do empreendedor optar por construir a programação da sua loja virtual do zero. Neste caso, será preciso contratar uma empresa ou um profissional especializado na área.

Entretanto, para quem preferir contratar diretamente um serviço que ofereça um catálogo pronto, uma plataforma de e-commerce é uma boa saída. Nelas são encontradas diversas alternativas de montagem do seu projeto de comércio eletrônico.

E isso vale tanto para a parte na qual os vendedores irão trabalhar na estrutura do negócio, como no que é visualizado pelo público. Podemos dizer que a plataforma representa um à la carte para que os empreendedores digitais coloquem e mantenham uma loja virtual em atividade.

 

Principais vantagens

  • Maior facilidade e praticidade para montar uma loja virtual
  • Opções de assinatura do serviço com planos gratuitos ou pagos
  • Integração com outras ferramentas necessárias à operação de uma loja virtual como meios de pagamento e cotações de fretes

 

O que é um ERP

 

Um ERP (Enterprise Resource Planning) é uma solução tecnológica que consiste basicamente em um sistema integrado de gestão empresarial. Portanto, seu principal objetivo é focar na administração empresa. Dessa forma, seu uso contribui para a elevação do desempenho de várias frentes de trabalho ao unificar diversas funções em uma única ferramenta. 

Com o suporte desse software corporativo é possível integrar os mais diversos dados, recursos e processos de um negócio. O que permite controlar as informações de todas as áreas como Compras, Vendas, Estoque, Financeiro, Contabilidade e Logística, por exemplo.

Essa centralização do fluxo de operações permite acessar, inclusive, todas a informações importantes através de um dispositivo conectado à internet. Isso facilita muito para que vendedores possam fazer consultas de qualquer lugar e a qualquer momento.

Além disso, os ERPs funcionam integrados a outras tecnologias como plataformas de e-commerce e marketplaces. Através desse software fica muito mais fácil administrar os fluxos de operação do negócio, assim como distribuir assertivamente os recursos para cada segmento

A otimização de processos é outro ponto alto do investimento neste sistema, que amplia seu controle sobre prazos e qualidade do trabalho. E isso tudo, obviamente, reflete na elevação da eficiência e competitividade de todos os times da empresa.

 

Principais vantagens

  • Gestão Integrada
  • Otimização de processos
  • Controle de prazos e custos
  • Qualidade de informações
  • Eficiência e produtividade

 

O que é um HUB

 

Um hub caracteriza uma plataforma capaz de integrar diversos canais de e-commerce. Também conhecido como integrador de marketplaces, é um recurso focado em vendedores que atuam em sites de grandes varejistas como Submarino, Americanas, Cissa Magazine, que abrem espaço, via marketplace, para produtos de outros lojistas externos.

Assim como os donos de lojas virtuais podem organizar sua operação através de plataformas de e-commerce, quem vende em marketplace encontra esse suporte nos hubs. A ferramenta permite a configuração das vendas com os elementos necessários para fazer isso acontecer: cadastro de produtos, preços, vendas, controle de estoque e relatórios de comercialização.

Um diferencial bastante interessante dos hubs é que eles aceitam integrar dados de contas em marketplaces diferentes. Dessa forma, um vendedor que oferece seus artigos no Shoptime, Casas Bahia e Mercado Livre, por exemplo, consegue gerenciar todas as vendas em um só lugar.

 

Principais vantagens

  • Integração de contas em marketplaces diferentes na mesma ferramenta
  • Gestão de vários canais de e-commerce simultaneamente
  • Painéis de controle que otimizam a operação das vendas
  • Facilidade em administrar e replicar anúncios
  • Automatização da operação e controle de estoque

 

Complemente a estratégia do seu e-commerce

 

Esperamos que tenha ficado claro que plataforma de e-commerce relaciona-se à montagem e operação de lojas virtuais, que o ERP é um importante na gestão dos negócios e que o hub é um integrador de marketplaces. 

Mas sabe o que mais você precisa saber também? Que para cada uma dessas alternativas, seu e-commerce pode contar com uma solução de fretes. Isso mesmo! Complete sua estratégia com uma tecnologia de entregas que funcione integrada à tecnologia usada em seu comércio eletrônico.

Conheça o Melhor Envio e veja como é rápido e prático fazer cotações de frete e gerar as etiquetas de postagem das suas encomendas! Visite o site e confira essas e outras ferramentas disponíveis para alavancar suas vendas!

Posts relacionados

Deixe um comentário