Avenida República do Líbano, 849

Como calcular frete e comparar preços

Amplie seu conhecimento sobre o cálculo de frete e veja como driblar as armadilhas que levam seus clientes para longe

 

Saber calcular o frete é um fator decisivo tanto para a saúde financeira quanto para o sucesso de um e-commerce. De um lado, é preciso atenção para encontrar o meio ideal que se encaixe no seu modelo de negócio.

De outro, é fundamental descobrir alternativas que ofereçam preços justos aos seus consumidores. Por isso, chegar a um ponto de equilíbrio entre essas duas premissas é tão importante para os empreendedores digitais.

Conforme a pesquisa E-commerce Trends, da Rock Content, empresa especializada em marketing digital, 97,3% das pessoas declaram já ter abandonado o carrinho de compras. Você imagina por quê? Pelo valor elevado do frete!

O mesmo estudo apontou o custo do transporte como o maior vilão das desistências. E não para por aí. O prazo de entrega também tem sua participação ao concentrar 40,7% das queixas relacionadas ao frete.

Então, o que você precisa saber para driblar os obstáculos entre o aumento das suas vendas e as exigências do mercado? Entender melhor como funciona o cálculo de frete!

Por isso compartilhamos neste post informações para facilitar sua compreensão sobre o assunto. E ajudá-lo a ultrapassar as armadilhas que afastam sua clientela. Quer saber como? Otimizando sua gestão de fretes.

 

Como calcular frete e comparar preços

O que está envolvido no cálculo do frete?

 

Tudo começa com os dados do remetente e o destinatário, certo? Pode até parecer que é tão simples, mas o processo é mais complexo. Para saber realmente onde você está pisando é preciso entender mais a fundo essa lógica.

Começamos esclarecendo que o cálculo considera, inicialmente, informações de tabelas de frete distintas. Além disso, é necessário saber que a mesma planilha pode apresentar cálculos diferentes para serviços prestados no mesmo trecho. Isso serve tanto para as cotações individuais quanto em plataformas de cotações simultâneas.

Por exemplo,  a tabela de uma transportadora pode apresentar um valor x no frete em que o prazo é maior (e mais barato) e y para o envio mais rápido (e mais caro) para a mesma localidade. Resumindo, a distância do envio é apenas um dos fatores levados em conta.

A realidade é que o cálculo de frete envolve várias outras variáveis, que por sua vez, estão ligadas a outros elementos que integram o processo. Mas fique calmo, vamos explicar aqui as principais características que você precisa saber. Confira:

 

> Peso e dimensões

Um dos principais pontos determinantes da precificação do frete são o peso e as dimensões da encomenda. Portanto, meça e pese suas encomendas, já embaladas para ter os dados em mãos quando forem solicitados.

Cada empresa atua com limites diferentes de dimensões e também de restrições de postagem. Então, é bom ficar atento ao tamanho e pesos máximos aceitos pelas franquias.

 

> CEP destinatário

Como falamos anteriormente, o endereço da entrega também é importante. Obviamente, quanto maior for a distância a ser percorrida, mais elevado será o custo do envio.

Há situações, inclusive, de cobranças adicionais. São os casos em que o destinatário está em áreas consideradas de risco ou de difícil entrega (veja mais na seção sobre cobranças extras mais adiante).

 

> Prazo de entrega

Existem modalidades de frete que definem o prazo de entrega de uma encomenda. Os nomes podem variar e existem diversos tipos de envio. Mas basicamente, consistem nas versões Econômico ou Expresso. Veja:

 

Como calcular frete e comparar preços

 

> Cubagem

Também chamado de peso cubado, ou peso cúbico, a cubagem de encomendas é uma definição padronizada de precificação de frete. Os valores de referência podem divergir entre uma empresa e outra. E também conforme a modalidade de frete escolhida.

Porém, de forma geral, as transportadoras comparam o peso cubado e o físico e determinam o preço usando o valor mais alto.

Por isso, é necessário que você saiba fazer o cálculo para informá-lo corretamente na hora de simular o frete. Observe como funciona:

 

Como calcular frete e comparar preços

 

> Ad Valorem

Equivale ao seguro da encomenda. É a taxa percentual cobrada sobre o valor indicado na nota fiscal ou declaração de conteúdo do produto. Os Correios e as transportadoras privadas cobram o encargo para assegurar o conteúdo das cargas .

 

> Modal

Consiste no meio de transporte que será utilizado para fazer a entrega do objeto. Desse modo, temos à nossa escolha as alternativas: rodoviário, aéreo, ferroviário, hidroviário e dutoviário.

 

Quais serviços adicionais podem afetar o valor?

 

Existem serviços extras que podem ser contratados conforme a necessidade de cada remetente. Fica o alerta, entretanto, para a possibilidade de cobranças adicionais na contratação dessas opções.

Então, a dica é verificar se houve mudança no valor final do frete antes de confirmar a seleção de qualquer tipo de suporte complementar. Para que você conheça as alternativas oferecidas no mercado, elencamos alguns exemplos.

 

> Aviso de Recebimento (AR)

É  quando o entregador deve comprovar o recebimento da encomenda. No ato da entrega é necessário registrar informações de quem receber o volume no endereço destinatário. Este tipo de serviço é disponibilizado tanto pelos Correios quanto por transportadoras privadas.

 

> Mão Própria

Marque esta opção quando tiver interesse que apenas o destinatário receba a encomenda. Este adicional é oferecido exclusivamente pelos Correios.

 

> Entrega em área de risco

Algumas transportadoras privadas operam com uma taxa extra no caso de fretes em trechos de difícil acesso ou áreas de risco.

Os Correios cobravam adicional nas remessas destinadas à região metropolitana e à cidade do Rio de Janeiro. Entretanto, a estatal suspendeu a exigência em novembro de 2018.

 

> Coleta

Algumas transportadoras privadas oferecem a coleta das encomendas, assim não é preciso se deslocar até uma agência para a postagem. No entanto, é importante verificar previamente com a empresa desejada se o serviço é oferecido ou não.

 

> Valor Segurado

Corresponde ao valor de seguro da mercadoria durante o transporte. É obrigatório nos fretes via transportadoras privadas e facultativo com os Correios.

 

> Encomendas grandes ou em formatos especiais

Os Correios cobram uma taxa de R$ 79,00 a mais caso o pacote ultrapasse 70 cm em uma de suas dimensões (comprimento, largura ou altura).

O mesmo se aplica aos objetos que não sejam quadrados ou retangulares e necessitem de manuseio diferenciado no fluxo postal.

As regras entre as transportadoras privadas variam, inclusive, dentro de uma mesma franquia. Há casos também de empresas que não efetuam cobrança extra, enquanto outras, sim.

Então, a orientação é contatar cada agência individualmente para checar qual o procedimento padrão daquele ponto de postagem.

 

Entenda como as dimensões do produto podem gerar cobranças adicionais

 

> Taxa de reentrega

É cobrada quando o produto precisa ser reenviado ao endereço do destinatário quando este está ausente, ou houve recusa no recebimento. Cada empresa possui regras e valores próprios neste caso. Portanto, vale consultar com antecedência para estar preparado se ocorrer essa situação.

 

> Logística reversa

É o envio do destinatário de volta ao remetente. Essa alternativa costuma ser usada para devolver encomendas, seja para troca, ou outra necessidade.

 

> Rastreamento

Geralmente é um serviço gratuito. Mas incluímos aqui, pois encaixa-se entre os adicionais envolvidos no transporte. Para utilizar o recurso aos usuários, as transportadoras fornecem um código de rastreamento para a localização do pacote.

Assim, é possível acompanhar a monitoramento da movimentação do pacote ou até obter atualizações do status do envio por e-mail.

 

Como calcular frete com os Correios

 

No site dos Correios você pode simular entregas na seção “Preços e Prazos”. Nesta área, use o calculador para informar a data da postagem, os CEPs de origem e destino e escolha o tipo de serviço. Pronto. Basta clicar em Enviar para obter sua cotação de frete.

A estatal disponibiliza também versões mobile do Cálculo de Preço e Prazo. Os aplicativos para dispositivos móveis podem ser baixados no Google Play, App Store e Windows Store.

 

Como fazer cotações com transportadoras privadas

 

O primeiro passo para cotar frete com empresas privadas é verificar se o site delas oferece a opção para simulação. Grande parte conta com uma seção exclusiva para atender essa demanda na internet.

As informações solicitadas costumam ser semelhantes aos dados pedidos pelos Correios. A diferença é que se você fazer simulações individualmente, será necessário acessar o site de cada transportadora.

É aí que as calculadoras de frete ganham destaque. Além de automatizar a busca por valores e condições de envio, o serviço contribui para reduzir o tempo de pesquisa.

 

Como comparar preços com uma calculadora?

 

Com uma calculadora, o usuário pode cotar fretes simultaneamente com diversas transportadoras. De forma rápida e com apenas poucos cliques, pois o site faz todo o trabalho para você.

Assim, basta fazer a simulação na plataforma, verificar as opções disponíveis e comprar o envio desejado.

No mercado encontramos empresas que oferecem esse tipo de serviço, que se destaca como uma ferramenta de inteligência para a otimização de sua logística.

Além de simplificar a gestão de transporte de encomendas, você pode acessar uma série de ferramentas como monitoramento de envios, por exemplo.

 

Aposte na competitividade da gestão de seus fretes

 

Cansado de se deparar com opções de frete limitadas? Leva muito tempo pesquisando preços e fazendo uma série de simulações? Então você sabe a importância de descobrir estratégias assertivas para ser competitivo no mercado.

Este é exatamente o objetivo do Melhor Envio, uma solução de intermediação de fretes focada em otimizar a logística do e-commerce.

Aposte em uma nova experiência no envio de mercadorias e veja como transformar isso no diferencial do seu negócio!

Já pensou em encurtar o caminho até as maiores transportadoras do país, livre de contratos individuais? Com  a nossa tecnologia, você faz cotações de envios simultaneamente com Correios e transportadoras privadas. E faz isso pagando somente pelas etiquetas geradas neste sistema.

Conheça nossa plataforma e veja como nossas ferramentas podem ajudar a potencializar a operação de quem vende pela internet.

Visite nosso site e confira!

Deixe um comentário