6 dicas para aumentar as vendas no seu e-commerce

Está preparado para aumentar as vendas no e-commerce? Essa é uma ótima pergunta para fazer quando você já tem um negócio validado, pronto para dar o próximo passo no caminho do sucesso no empreendedorismo. 

Por mais que as suas vendas estejam indo bem, é de extrema importância que você pare para analisar o seu negócio. Observe as estratégias que está aplicando e veja o que pode ser melhorado ou até mesmo pense em novidades que podem ser implementadas. Fazendo esse diagnóstico, fica mais fácil identificar o que pode ser feito para aumentar as vendas do seu e-commerce.

Mas existem algumas coisas básicas que você PRECISA ter no seu negócio para que os números de conversões sejam melhores no próximo mês.

Essas são as 6 dicas do Ecommerce da Prática para você aumentar as vendas do seu e-commerce com apenas alguns ajustes.

Anote todas essas dicas para não esquecer! 

1. Tenha um público segmentado 

Pode parecer um pouco óbvio, mas vale a pena ressaltar: você precisar ter um público bastante segmentado para conseguir alcançar clientes com mais assertividade. 

Quando falamos de público segmentado, quer dizer que é necessário ter uma persona muito bem definida

Se você conhece em detalhes a sua persona, saberá exatamente como falar com ela, estimulando a ação de compra. Logo, as estratégias de marketing serão bem mais certeiras e trarão o resultado esperado. 

No Facebook, por exemplo, você pode fazer anúncios de campanhas para públicos personalizados. Esse tipo de anúncio costuma apresentar um ótimo retorno, podendo aumentar as vendas do seu e-commerce em pouco tempo… Desde que você conheça a sua persona.

Por isso, dedique-se a essa tarefa o quanto antes. Segmentar o público para definir a persona é a base de um e-commerce de sucesso

2. Invista em Marketing de Conteúdo 

O marketing de conteúdo é a maneira mais eficiente de atrair novos clientes para o seu e-commerce. 

Através da interação com a sua audiência por meio de conteúdos de valor – que agregam na vida dessas pessoas de alguma forma – você tem mais chances de aumentar as vendas. 

Uma empresa que possui canais de audiência nas redes sociais e só posta fotos de produtos e informações básicas do catálogo vai se estagnar no mercado. E não é isso que você quer, não é mesmo? 

Como o objetivo é manter a linha crescente no número de vendas, você precisa investir em marketing de conteúdo. 

Aqui vão algumas dicas extras para você começar a fazer hoje mesmo: 

  • Mantenha consistência nas publicações, não fique muito tempo sem postar nada nas redes sociais. Você precisa estar presente na vida dos seus clientes, posicionando a marca na mente deles e gerando valor. 
  • Aposte em conteúdos que tenham relação com o seu nicho. Notícias, desafios, dicas, listas e até mesmo memes divertidos podem ser ótimas ideias de conteúdo, desde que tenham alguma ligação com o seu produto e empresa. 
  • Utilize os stories para publicações mais interativas. As ferramentas de perguntas, enquetes e as demais figurinhas que o Instagram disponibiliza são ótimas para inovar no conteúdo. 

3. Esteja posicionado nos Marketplaces 

Os marketplaces são plataformas com um grande fluxo de tráfego de visitantes diários. Muita gente compra através dos marketplaces, e deixar de vender nesses canais é quase a mesma coisa que perder dinheiro. 

Você pode aumentar as vendas ao anunciar seus produtos em alguns dos maiores portais de compras online do Brasil, como Mercado Livre, Amazon, B2W Marketplace, entre outros grandes players do mercado. 

Além de não custar quase nada vender nesses marketplaces – normalmente é cobrado apenas um percentual sobre as vendas realizadas -, você alcança pessoas que não consegue atingir através das redes sociais, por exemplo. 

Ou seja, as plataformas funcionam como mais um canal de venda onde os seus clientes podem optar por comprar o seu produto. E, não sei se você tem consciência disso, mas os clientes gostam de ter opções. Isso vale para diferentes opções de plataformas de compras, atendimento, opções de pagamento e assim por diante.

Então, posicione o seu e-commerce dentro dos marketplaces para aumentar as vendas rapidamente. 

4. Aposte no atendimento Omnichannel 

No tópico anterior, citamos que os clientes gostam de ter opções diferenciadas, inclusive de atendimento, certo? 

É aí que entra o atendimento Omnichannel. Mas o que é e por que oferecer atendimento omnichannel no e-commerce?

O atendimento Omnichannel nada mais é do que um sistema que integra todas as formas de atendimento que uma empresa pode ter. Ou seja, o formato permite que o cliente converse com a empresa por diferentes canais de atendimento, como chat online, redes sociais, email, telefone e até mesmo a loja física. 

Mas o importante é que esses sistemas permitem o acompanhamento de todo o histórico de atendimento em uma única plataforma. Dessa forma, você pode responder a todas as perguntas de forma mais rápida e eficiente. 

Isso ajuda a atrair mais clientes e até mesmo influenciar na decisão de compra dele, solucionando problemas e tirando dúvidas.

5. Utilize técnicas de SEO 

O uso de técnicas de SEO é uma ótima estratégia para aumentar as vendas no seu e-commerce. Você não precisa ser um expert em SEO, mas é importante conhecer pelo menos o básico destas práticas.

Um resuminho para você entender: SEO tem relação com um conjunto de técnicas que, juntas, podem otimizar sites, páginas e blogs, levando-os para o topo da primeira página de buscadores, como o Google. 

Você consegue disputar o topo das primeiras páginas de busca ao incluir palavras-chave na descrição do produto no site, por exemplo. 

Outras práticas que ajudam no SEO: 

  • Salvar as imagens (de qualidade, é claro) com os nomes do arquivo incluindo a palavra-chave
  • Repetir a palavra-chave ao longo da descrição do produto e no título (mas sem exageros!)
  • Criar um título atrativo e original com essas palavras-chave

Você pode ver outras técnicas de SEO bem simples de serem aplicadas neste artigo aqui.

6. Otimize as vendas através do Mobile 

Esse é um detalhe que passa despercebido na hora de criar o site da loja. Geralmente, os sites são totalmente pensados para a versão desktop (notebooks e PCs), mas as adaptações para a versão mobile – ou seja, smartphones e tablets – não são levadas em consideração. 

Isso pode se tornar um problema… 

Hoje em dia, grande parte das pessoas utiliza os smartphones para finalizar uma compra online, já que a jornada de compra dentro do site é a mesma no celular. Por isso, ao criar o seu site, lembre-se desse termo aqui: Mobile First

O Mobile First funciona da seguinte maneira: você cria primeiro o projeto para o celular, para só depois pensar nas adaptações para o computador.

A ideia é melhorar a usabilidade do cliente no seu site através do celular, garantindo navegação sem dificuldades. Isso porque criar um site pensando apenas no computador pode gerar problemas no acesso quando o cliente entrar pelo smartphone. 

Logo, aplicando o Mobile First, o cliente pode acessar o seu site em qualquer lugar e a qualquer momento, com uma experiência de compra realizada com a mesma facilidade de comprar no computador. 

Projete o seu site pensando primeiro na tela do smartphone. Isso mostra que você entende o comportamento do consumidor e traz soluções para aprimorar o seu serviço.

Conheça o Ecommerce na Prática

Essas são as dicas que separamos para você sobre como aumentar as vendas do seu e-commerce, mas há muito mais conteúdos como esse que podem te auxiliar a crescer como empreendedor. 

Nós, do Ecommerce na Prática, queremos te ajudar nessa jornada. Hoje, nossa escola é referência em E-commerce e já apoiou a criação de crescimento de mais de 14 mil negócios online pelo Brasil.

Em nossos conteúdos e treinamentos, você vai encontrar um vasto material que está ajudando muitos brasileiros a criarem e alavancarem o próprio e-commerce. 

*Este artigo foi escrito pela equipe Ecommerce na Prática.

Posts relacionados

Deixe um comentário