Quando deixar o marketplace para criar o seu próprio e-commerce

Saiba o que levar em conta para identificar o momento em que você pode vender fora do marketplace criando seu próprio e-commerce

 

Você é um dos empreendedores brasileiros que vende em marketplace, mas sonha em abrir o seu e-commerce? Você não está sozinho! Muitos lojistas também têm este desejo. E enfrentam o mesmo dilema:  se realmente é possível alcançar a independência dos canais dos grandes varejistas e criar o próprio negócio!

Nós dizemos que construir sua marca tão sonhada é viável, sim. Desde que você saiba o que está em jogo e se prepare para se tornar um novo empresário no mercado. Quer entender como? Então este artigo é para você!



Por que criar sua própria loja fora do marketplace

 

Claro que até você ter sua clientela, estar na vitrine de um grande shopping virtual é muito promissor. A segurança, a credibilidade e tráfego certo de visitantes são outros diferenciais que brilham como ouro no marketplace.

Por outro lado, a concorrência nesses ambientes pode ser desleal, o que torna bastante difícil não comprometer os lucros. A alta variedade de produtos à disposição dos consumidores e opções de compra, são os principais fatores. Assim, muitos vendedores se veem obrigados a seguir os preços praticados pela maioria.

A questão é que esses valores, muitas vezes, passam longe dos que deveriam ser praticados pelos empreendedores de menor porte. Portanto, a competitividade típica de um faturamento saudável simplesmente evapora nessas condições.

Ter que obedecer as regras dos grandes varejistas, que podem estabelecer mudanças sem aviso prévio, também limita autonomia dos pequenos lojistas.

Por estes motivos, é plausível começar a se questionar sobre o real aproveitamento da participação nesses espaços. E nos vem à mente a pergunta que não quer calar: vale a pena criar meu próprio e-commerce? Pode soar um pouco assustador, mas existe sim, vida fora dos marketplaces.

 

Como planejar o seu crescimento com assertividade

 

Não estamos aqui dizendo que não é interessante vender em marketplace. Claro que existem uma série de vantagens que justificam a participação de vendedores digitais nesses canais. O que nos referimos neste artigo é outro assunto: um alerta para que os lojistas não aumentem sua dependência do marketplace ao invés de planejar um crescimento sustentável.

A diversificação das vendas faz parte de qualquer empreendimento e é necessária para evolução de um negócio. Neste sentido, é válido sim, investir na sua marca própria e traçar o caminho para ver sua própria loja virtual sair do papel.

 

Pesquise e faça um bom planejamento

 

Comece com uma pesquisa sobre as principais tendências e como o mercado se comporta. Ficar de olho na concorrência e ver o que ela está fazendo também integra o checklist de preparativos iniciais. Não tenha vergonha de não dominar o assunto, pelo contrário! Se precisar de ajuda, contrate uma consultoria para começar a nova fase das suas atividades de forma assertiva.

O primeiro fato a se ter em mente para criar um e-commerce é que a experiência do cliente é tudo. A partir dessa premissa, saiba que é preciso contar com um time engajado em vender e atender bem. Isso quer dizer que talvez seja necessário capacitar as pessoas que irão trabalhar com você.

Use este investimento em pessoal como uma oportunidade para começar com o pé direito ao trabalhar diferenciais da sua marca. Como você deseja que sua loja seja conhecida pelo público? Quais as características serão mais marcantes? A experiência de compra, o atendimento, o pós-venda?

Procure se especializar para estar por dentro dos processos logísticos da operação de uma loja virtual. Antes de alçar um voo solo, você precisará entender bem de assuntos pertinentes à administração de um e-commerce. Precificação de produtos, política de fretes e marketing online, estão entre os assuntos que será necessário ter domínio.

 

Escolha o seu nicho no mercado

 

Outro passo importante para determinar seu ingresso no mundo digital como proprietário de e-commerce é a escolha do seu nicho. Aqui você terá duas direções à frente: a com artigos de grande concorrência ou um segmento pouco explorado.

É bom estar preparado que, se você comercializar produtos que muitas lojas também oferecem, a competição será mais dura. Agora, se você preferir se destacar com mais facilidade, vale apostar em um setor que ainda não tenha caído tanto no gosto popular.

Em qualquer uma das situações, como já mencionamos, é fundamental avaliar o mercado e entender tudo sobre o seu nicho. Então, ao decidir o que vender, você precisa ser um excelente conhecedor da área.

Entenda tudo sobre o produto! Saiba como ele se insere no varejo, qual é o público-alvo com interesse e quais os itens relacionados. Compreender essas questões irá ajudar a definir sua estratégia, tanto logística – como a busca de fornecedores – quanto de marketing. Somente assim seu empreendimento terá a segurança necessária para a consolidação da sua marca no futuro.

 

Pense na tecnologia que você irá usar

 

Existem basicamente dois caminhos a seguir antes de colocar seu negócio no ar. Primeiro, você precisa definir se irá desenvolver sua loja virtual programando o site do zero ou contratando o serviço de uma plataforma de e-commerce.

Se você preferir criar seu site com desenvolvimento próprio, será preciso contratar um programador ou uma empresa do ramo. Neste caso, você terá total liberdade para elaborar o seu canal de vendas como você quiser. Obviamente, além dessa opção ser mais trabalhosa, pode envolver também um custo mais elevado.

Já se você prefere ter mais praticidade e não tem um capital maior para investir em tecnologia, uma plataforma pode ser uma boa saída. Se você quiser saber mais sobre essa possibilidade, leia o artigo que escrevemos sobre o tema:

Plataformas que ajudam a criar sua loja virtual

 

Acerte também no frete das suas encomendas

 

Não esqueça também de pensar na logística das suas entregas. Nesse momento, a tecnologia pode fazer toda a diferença para o seu sucesso do seu e-commerce. Então para garantir que você será assertivo também no transporte dos pedidos, conheça o Melhor Envio!

Somos uma solução de fretes que oferece cotações com Correios e múltiplas transportadoras simultaneamente. Compare condições de envio, escolha as mais vantajosas e gere seus fretes com rapidez e praticidade.

Visite nossa plataforma e confira como podemos tornar sua loja virtual mais competitiva!

Posts relacionados

Deixe um comentário