Como colocar minha loja virtual na primeira página do Google

Confira as nossas dicas e descubra como você mesmo pode turbinar o ranqueamento da sua loja virtual para destacá-la na pesquisa do Google!

Considere um empreendedor que pesquisou tudo sobre o nicho que pretendia entrar, verificou os produtos ideais para o seu o público-alvo e colocou no ar uma loja virtual. Quais as chances desse negócio decolar e quais as de afundar antes mesmo de fazer as primeiras vendas? A verdade é que se o planejamento da pessoa neste exemplo não incluir uma estratégia de atração de tráfego, tudo pode ir por água abaixo.

A questão principal que chamamos atenção aqui é a de que assim como nas lojas físicas, no e-commerce você também precisa ser encontrado pelo público. Ou seja, sua loja deve atrair tráfego de visitantes para conseguir se manter no mercado

Para entender melhor essa questão, imagine uma loja em uma rua escondida, onde não passa quase ninguém em frente à vitrine. Agora pense em um e-commerce no qual só os amigos do dono sabem que ele existe. Em ambos os casos a situação é a mesma, pois essa analogia cabe tanto no mundo físico como no ambiente digital com lojas que estão online, mas não são encontradas pelos internautas. 

Está parecendo conversa de grego até aqui? Fique tranquilo, com as nossas dicas vai ser mais fácil entender como fazer sua loja virtual ser encontrada pelo buscador mais utilizado no mundo: o Google!

Sua loja virtual no topo do Google

Uma das formas de atrair tráfego na internet, o que é vital para uma loja virtual, é aparecer entre os resultados apresentados por buscadores cada vez que um usuário digita o que procura na barra de pesquisa. Chamado de busca orgânica, este é o processo no qual os motores de busca mostram, gratuitamente, o seu site entre as opções disponíveis aos usuários.

A outra maneira de conseguir estar entre as primeiras posições dos buscadores é investir em anúncios pagos. Com esta estratégia você pode, desde que desembolse para isso, manter sua loja no topo independentemente do seu posicionamento real nos mecanismos de pesquisa.

Entretanto, neste post nos concentraremos em como funciona a construção de sua presença digital de forma orgânica, ou seja, como sua loja virtual pode ser encontrada pelo Google sem pagar nada por isso.

A lógica por trás das primeiras posições na busca

Você já se perguntou como o Google consegue identificar uma quantidade tão alta de pesquisas relacioná-las às páginas na rede? É sobre o que vamos falar a partir de agora. 

Para exemplificar melhor, digitamos “loja virtual” na barra do Google para checar o volume de informações que poderiam aparecer na tela. E pasme! Foram mais de 215 bilhões de resultados apresentados, em segundos! 

Como colocar minha loja virtual na primeira página do Google

A resposta para a agilidade arrasadora do Google está no “atalho” que o buscador usa para encontrar os sites. Isso porque a varredura é feita em uma lista de páginas indexadas por um robô do próprio Google e não diretamente nos sites de destino. 

Conhecido como Googlebot, esse programa vasculha as páginas que consegue encontrar por ordem de autoridade de domínio – ou seja, as mais acessadas e, por isso, consideradas mais relevantes – e as registra em seu índice. E voilà! Aqui está o pote de ouro no fim do arco-íris! É nesta lista, que funciona como um banco de dados dos mecanismos de busca, que o seu site deve estar!

Mas, como as páginas novas podem ser adicionadas a este grupo? Simples, os bots rodam constantemente à procura de novos sites ou atualizações através dos links dentro das páginas já indexadas. Ao visitar seu índice próprio de URLs para procurar sites e oferecê-los entre os resultados de pesquisa, o Googlebot usa os links dentro das páginas indexadas para rastrear outras novas, sucessivamente. Devido a esse processo contínuo de autoalimentação que mais conteúdos são incluídos na fila de rastreamento. Este deve ser o seu objetivo!

Construa sua reputação 

Como falamos anteriormente, um critério para ser identificado pelo ranqueamento do Google, e começar a subir posições, é ter autoridade de domínio.  Porém, para se ter autoridade é preciso construir a reputação do site através da indexação de conteúdo relevante aos olhos do público. 

Esta estratégia requer tempo, já que é preciso dar atenção às palavras-chave que são os termos usados pelos usuários para fazer as pesquisas. Consequentemente, essas palavras são utilizadas pela gigante da internet para inserir (indexar) páginas em seu índice de URLs. Quanto mais páginas seu site conseguir indexar, maior será a autoridade do seu domínio e é dessa forma que se escala posições.

O próprio Google ajuda você!

Sabe o que é ainda mais interessante? Que o próprio Google tem interesse em ajudar você a ranquear nos mecanismos de busca. Para isso, disponibilizou ferramentas completas para que administradores de sites pudessem mapear toda a estrutura das páginas e entender como otimizá-las. Veja as principais a seguir!

 Google Search Console

O Google Search Console é conjunto de ferramentas que ajuda os usuários a monitorarem mais facilmente os resultados da pesquisa do Google e a também a presença do site na rede. Desde 2005 quando foi criado, e levava o nome de Google Sitemaps, passou por diversas melhorias até chegar às funcionalidades reunidas atualmente. 

O ponto mais marcante dessa trajetória foi tornar a plataforma acessível a uma gama maior de profissionais – pois anteriormente era voltada exclusivamente a desenvolvedores –  mas hoje pode ser usada direto pelos proprietários dos sites.

O que você consegue fazer com a ferramenta

  • Verificar como Google lê e reconhece cada parte do código HTML do seu site (o que inclui também imagens, títulos e descrições)
  • Entender como o site aparece entre os resultados exibidos pelo Google
  • Checar o desempenho da indexação das páginas de seus produtos
  • Fazer um diagnóstico para identificar erros e dificuldades de rastreamento nas páginas do seu site
  •  Configurar alertas para avisá-lo quando houver algum problema
  • Consultar os termos mais pesquisados e quais links externos direcionam para o seu site
  • Emitir relatórios de desempenho

Google Analytics

Não poderíamos falar em otimização de páginas na internet sem falar em uma das ferramentas de análise mais utilizadas para isso: o Google Analytics. Afinal, sua estratégia para chegar às primeiras posições nos motores de busca precisa de métricas sobre o tráfego!.

A dica é trabalhar com ambas plataformas juntas ao inserir as duas ferramentas no monitoramento do seu site. Portanto, é bastante válido para a sua loja virtual contar com as informações de ranqueamento do Search Console  e os dados de visitação das páginas exibidos no Analytics. Assim é possível compor uma visão ampla da sua presença digital.

O primeiro passo é acessar o portal do Google Analytics e configurar a uma conta no serviço gratuito. A seguir, será necessário instalar o recurso em seu site para permitir que o Google faça o acompanhamento e rastreie o tráfego das suas páginas.

Se você usa um site WordPress não se preocupe! O Analytics também tem suporte para esta ferramenta, que pode ser rastreada através do plugin do Google Analytics para WordPress.

 O que você consegue fazer com o recurso

  • Ver o número de visitantes, canais de aquisição e detalhes de fontes de tráfego em tempo real
  • Exibir relatórios de visualizações das páginas e conferir as taxas de rejeição
  • Visualizar estatísticas de origens de tráfego que permitem checar quais canais direcionam para as suas páginas (saiba se o site é mais acessado pela busca orgânica, mídia paga ou links em redes sociais)
  • Checar quais os dispositivos o público usa para ver as páginas do seu site

A informação que você precisa está aqui

Esperamos que tenhamos ajudado você a compreender como começar a escalar o lugar da sua loja virtual entre as primeiras posições do Google. E para auxiliar ainda mais o planejamento do seu negócio, o convidamos a se inscrever em nossa newsletter. Assim, fica fácil garantir a leitura dos melhores conteúdos que saírem aqui no Blog Melhor Envio diretamente no seu e-mail!

Posts relacionados

Deixe um comentário