Como impulsionar as vendas de sua loja virtual no Natal

Confira as dicas de como aproveitar a melhor temporada do ano para fechar 2018 com o maior faturamento do seu e-commerce até hoje

 

Muito tem se falado sobre a canibalização da Black Friday e como ela supostamente mata as vendas no Natal. Você acredita nisso? A proximidade entre as datas, com praticamente um mês de diferença, podem ser um fator decisivo sim, mas não negativo.

Se você tiver a mente aberta, poderá ver com maior clareza como as diferenças nos hábitos de consumo representam uma oportunidade para repensar sua estratégia para o período: Black Friday e Natal formam juntas uma temporada de aquecimento das vendas e não são datas que competem entre si.

Um estudo da Ebit/Nielsen, empresa referência em dados sobre o e-commerce, apontou a dimensão do sucesso da Black Friday 2018. Em torno das 17h do “Dia D”, as compras já tinham superado os R$ 2,1 bilhões faturados em 2017. No final do dia, a edição fechou em R$ 2,6 bilhões, 23% a mais do que no ano anterior.

Mas o que isso tem a ver com o Natal? Muita coisa. Os perfis de consumo obviamente são diferentes, mas o principal é que são complementares. A elevação das vendas de final de ano começa com a Black Friday, passa pela Cyber Monday (segunda-feira após a febre de vendas e dedicada aos produtos eletrônicos), pega um impulso com o pagamento da primeira parcela do 13º salário e é concluída com o Natal.

Então se a lucratividade da Black Friday superou as expectativas dos comerciantes online, temos um forte indicativo da receptividade do público e que demonstra que podemos continuar a aumentar os lucros do e-commerce antes da virada do calendário.

 

A “cara” do Natal

Pode ser apenas o clima natalino ou todo aquele sentimento de celebração e tradição popular que nos motiva a agradar quem gostamos. Os motivos são os mais variados, mas uma coisa é certa: o consumidor quer presentear amigos e familiares. Não esqueça também das confraternizações que reúnem grupos de potenciais clientes em torno dos amigos secretos!

Diferentemente da experiência durante a Black Friday,  na qual o cliente adquire produtos para si próprio, agora é a troca de presentes que influencia o aquecimento do volume de compras.

Uma pesquisa encomendada pelo Google, e conduzida pela Provokers (empresa de consultoria e pesquisas de marketing), revela que games, roupas, brinquedos e perfumes ganham destaque no período e ocupam posição de destaque entre os regalos mais procurados. Bebidas alcoólicas também são um alvo com poder considerável de atração, seja para presentear ou compor a ceia.

Outra diferença marcante desta época está na redução do tempo de procura pelos produtos: 63% das pessoas realizam suas buscas nas duas semanas que antecedem a data, enquanto o público da Black Friday costuma monitorar por meses o artigo desejado.

 

De olho no empurrão do 13º

 

Lembre que a sequência da temporada de final de ano, que bombou com a Black Friday, tem agora um propulsor importante a seu favor: o 13º salário! Em 2017 o pagamento adicional injetou R$ 200 bilhões na economia brasileira. Com certeza, é um fato que não pode ser ignorado!

Um levantamento do Google Survey, divulgado em agosto deste ano, revelou que roupas e calçados são os primeiros itens na mira de quem pretende usar o 13º para ir às compras. Essa fatia de público também se interessa por móveis, artigos para a casa e celulares.

 

Crie um senso de urgência no público

 

Não espere as pessoas terem a necessidade de colocar um produto no carrinho. Crie essa situação! Provoque o consumidor, instigue nele o sentimento de estar prestes a perder algo importante. Quando se opta por inserir expressões chaves nos anúncios como “somente esta semana”, ou “ promoção válida até durarem os estoques”, você cria um senso de urgência no público para garantir aquele objeto antes que ele acabe de ser oferecido.

A mente humana trabalha frequentemente com gatilhos e no marketing esse tipo de estímulo tem alto potencial para motivar os clientes a fecharem logo o pedido para não correr o risco de desperdiçar aquela oportunidade.

O mesmo vale na hora de estipular prazos para as promoções. Se o cliente souber que seu estoque é ilimitado para determinado artigo, poderá muito bem deixar a compra para depois. Aprenda a despertar o senso de urgência e alavanque o faturamento!

 

Aposte em uma estratégia assertiva de frete

 

Até aqui falamos sobre vários aspectos para aumentar os lucros neste Natal. Mas a intensificação do seu faturamento será proporcional ao acréscimo da demanda por transporte de seu produtos.

O Melhor Envio oferece a tecnologia que você precisa para agilizar o envio de suas encomendas de forma competitiva para o seu e-commerce e que garanta a satisfação do seu cliente. Acesse a plataforma e confira as ferramentas gratuitas que disponibilizamos através da nossa calculadora de fretes.

Confira também

Por 3 de dezembro de 2018 às 2:00

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por 3 de dezembro de 2018 às 2:00