7 dicas para turbinar a loja virtual na Black Friday

Em 2019 a Black Friday foi um verdadeiro sucesso, bem acima do esperado. Como mostrou uma pesquisa da Ebit Nielsen, a data bateu o recorde de maior movimentação de pedidos em apenas dois dias.

Além disso, o número de pedidos em 2019 foi 23,6% maior do que o registrado no mesmo período no ano anterior, 2018. Isso mostra que a Black Friday vem crescendo muito ao decorrer dos anos e é cada vez mais esperada.

De acordo com o presidente da SBVC (Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo), Eduardo Terra, a Black Friday 2020 tem potencial para ser um sucesso ainda maior!

Considere o cenário em um ano que o e-commerce cresceu exponencialmente devido ao isolamento social e adicione milhares de novos consumidores online: certeza que essa será a maior Black Friday de todos os tempos!

Sendo assim, o contexto é bastante otimista para quem vende online — e quem não vende ainda tem tempo de se planejar, criar uma loja virtual e participar!

Agora que você provavelmente já está convencido das vantagens do e-commerce na Black Friday deste ano, separei 7 dicas para você turbinar sua loja virtual para a maior Black Friday de todos os tempos!

1- Faça uma pré-campanha de Black Friday

Essa ação antecipada pode render mais lucros e visibilidade para o e-commerce, além de ser uma excelente forma de potencializar as compras no dia da Black Friday. A pré-campanha é uma forma de “esquentar” seu público com ofertas e promoções interessantes, tornando seu negócio mais reconhecido e com boas chances de aumentar a base de clientes.

2- Teste a jornada de compra da sua loja

Mais do que nunca, os consumidores online estão atrás de ótimas experiências de compra. E isso pode ser um grande diferencial em uma Black Friday quase que completamente digital. Saiba em detalhes como é a jornada de compra do seu e-commerce e como funciona cada etapa do processo, desde anúncios e propagandas até o pós-venda.

3- Pense no checkout

Uma parte MUITO importante da jornada de compra do cliente é o checkout, ou seja, a conclusão do pagamento na compra online. Para você ter uma idéia, problemas nessa etapa estão entre alguns dos motivos pelos quais boa parte dos consumidores abandonam seus carrinhos. 

Para evitar que isso aconteça, priorize comodidade e segurança, entregando aos clientes as facilidades que eles procuram: vários meios de entrega e pagamento, rapidez e transparência.

Além de garantir transações seguras, é muito importante oferecer as informações que o comprador precisa ter para preencher corretamente seus dados. 

Detalhe todas as instruções necessárias para que ele saiba como finalizar as compras com segurança, como políticas de devolução, formas de contato e valor de frete, entre outras informações.

O Checkout Transparente da iSET, por exemplo, faz com o que o consumidor das lojas virtuais hospedadas na plataforma se sintam seguros do início ao fim de sua compra. Em poucas etapas, o cliente escolhe os produtos, calcula o frete e fornece todos os dados de pagamento, sem sair da loja em nenhum momento.

4- Tenha um layout responsivo

As pesquisas apontam que as pessoas gastam 51% do seu tempo de uso de internet em dispositivos móveis, contra 42% gastos em computadores. Por isso é tão importante ter um modelo de site responsivo, que seja compatível com dispositivos móveis.

Garanta que os compradores possam navegar facilmente em smartphones para concluir as compras na sua loja online. Para isso, verifique se sua plataforma de e-commerce fornece layout responsivos! A iSET, por exemplo, é uma plataforma de e-commerce que fornece mais de 20 templates exclusivos totalmente gratuitos e responsivos para os seus clientes! 

5- Use um contador regressivo de promoção de Black Friday

Um widget de contagem regressiva pode ser uma maneira divertida de aumentar o clima de fim de ano e também motivar os compradores a agir! É uma ótima forma de criar o senso de urgência nos seus clientes e fazê-los tomar a decisão de compra mais facilmente!

Descubra aqui como você pode configurar um widget de contagem regressiva no seu e-commerce! 

6- Faça uso de técnicas de SEO

Certifique-se de que seu site está atualizado sobre técnicas de SEO, conjunto de boas práticas que pode ajudar a melhorar sua visibilidade e classificação de páginas no Google. Verifique as tags dos títulos do seu site, as meta descrições, existência de páginas de erro 404 e também as URLs.

Sempre use palavras-chave relevantes para seu produto ou serviço! A iSET, por exemplo, é uma plataforma que sempre está na vanguarda das boas práticas de SEO. Muitas das otimizações são automáticas ou semi-automáticas (permitem personalização), enquanto em várias outras você tem total controle.

Alguns recursos de SEO são URLs amigáveis, sitemap, controle de Meta Tags (inclusive nas áreas de categorias e produtos), fotos de produtos renomeadas automaticamente, nuvem de tags, integração com Google Analytics e Adwords, e muito mais. Interessante, não é?

7- Meça os resultados da Black Friday 2020

Além de investir em promoções, também é ideal que se invista no acompanhamento e análise do desempenho da ação. Ao fim do período promocional, é muito importante extrair relatórios que reúnam um compilado de boas práticas para auxiliar no planejamento dos próximos passos.

Além de apontar como cada etapa da campanha se comportou, os dados obtidos contribuirão para a otimização da sua verba, garantindo que o valor investido seja aproveitado ao máximo e sempre com o foco na conversão final.

Espero que você tenha achado úteis nossas dicas para a Black Friday e consiga aplicá-las para vender mais e enfrentar a concorrência! 

Gostou do post? Deixe seu comentário e veja mais posts assim aqui!

Este artigo foi desenvolvido pela iSET: uma Plataforma de e-commerce completa para criar uma loja virtual que realmente tenha resultados, onde você encontra todos os recursos necessários para criar uma loja do zero ou vender pela internet de forma mais lucrativa.

Posts relacionados

Deixe um comentário