Loja virtual: Black Friday 2020 indica negócios em alta para 2021

Depois de muitos meses de planejamento na loja virtual, e alguma ansiedade, o e-commerce brasileiro encerra a Black Friday 2020 com bons motivos para comemorar. Atendendo às expectativas, os consumidores correram para a internet em busca dos melhores descontos no período.

Segundo a consultoria especializada em comércio Ebit|Nielsen, entre os dias 26 e 27 de novembro o e-commerce brasileiro faturou R$ 4,02 bilhões, um aumento de 25,1% em relação à Black Friday do ano passado.

Foram cerca de seis milhões de pedidos realizados ao longo destes dois dias, um aumento de 15,5% em relação a 2019. Os consumidores também gastaram mais, já que o ticket médio de R$ 652 ficou cerca de 8,3% maior do que os valores gastos na Black Friday anterior.

Os números são similares aos apresentados pela Neotrust\Compre & Confie, outra empresa especializada em varejo. Ao identificar o faturamento de R$ 5,1 bilhões em mais de 7,6 milhões de pedidos, o estudo mostrou o crescimento de 31% e 24,7% em comparação ao levantamento realizado no ano passado.

Os especialistas em e-commerce também chamam atenção para o crescimento do chamado “esquenta Black Friday”, que fez mais sucesso em 2020. Ou seja, consumidores e lojistas viram vantagem em não concentrar as ofertas, e as buscas, na sexta-feira.

Pequenos e médios e-commerces também apostaram na Black Friday

Pequenas e médias lojas virtuais não ficaram de fora na alta de vendas do período. E, pelo volume de entregas que acompanhamos no Melhor Envio, o esforço foi recompensado.

Até a segunda-feira, dia 30 de novembro, o número de envios pagos foi 33% maior do que o registrado no mesmo período de 2019. Vale lembrar que muitas vendas realizadas na sexta-feira ainda serão despachadas ao longo da semana, então este número deve ser ainda maior.

Além disso, vale chamar atenção para o crescimento da Cyber Monday, que ocorre sempre na segunda-feira seguinte à Black Friday e promete entrar de vez para o calendário do comércio eletrônico no Brasil. 

Em 2020, o número de fretes gerados na data foi 40% maior do que na sexta-feira (27) e 360% maior do que o registrado em 2019, mostrando que vale a pena manter as ofertas no ar por mais alguns dias.

imagem pessoa navegando em site de loja virtual no celular
Imagem: Pexels

Entrega expressa ganha a preferência e se mostra tendência em loja virtual

Quem vende pela internet sabe que o frete representa alguns desafios, e que a gestão logística tem papel fundamental em garantir uma boa experiência do consumidor

👉 Um dos erros mais comuns é achar que “quanto mais barato o frete, melhor”, acreditando que os consumidores sempre vão priorizar a economia em relação à agilidade, o que nem sempre é verdade.

A boa notícia é que, cada vez mais, os lojistas apostam em mais opções de entrega, além da alternativa econômica. A prova é que, durante o período da Black Friday 2020, 49% dos fretes dos Correios gerados no Melhor Envio foram na modalidade Sedex

A entrega expressa dos Correios ficou na frente do PAC, modalidade econômica escolhida por 43% dos lojistas, e do Mini Envios, com fatia de 8% dos fretes gerados na transportadora.

Aliás, a empresa estatal foi a mais usada na plataforma de gestão de fretes, responsável por 65% dos envios realizados no período.  

💡 Aproveite e veja mais sobre o assunto no nosso artigo sobre a importância da Entrega Expressa.

Categorias de produtos indicam negócios em alta para 2021

O Melhor Envio acompanhou as categorias mais vendidas na Black Friday 2020. O primeiro lugar ficou com as lojas de Roupas, Calçados e Acessórios, responsáveis por 20% das vendas identificadas pela plataforma.

Lojas de Joias & Relógios e Beleza & Cuidados Pessoais completam o pódio, com 11% e 9% dos negócios realizados, respectivamente.

Outras categorias que merecem destaque são Entretenimento & Lazer, Casa & Eletrodomésticos e Arte, Papelaria & Armarinho, mostrando que artesanato e decoração seguem em alta durante 2020 e 2021. 

imagem com categorias em alta nas entregas do melhor envio
Arte: Kerou Ávila

A Neotrust\Compre & Confie também analisou as categorias mais vendidas durante a Black Friday 2020 e confirma as tendências identificadas pelo Melhor Envio:

tabela com categorias de produtos mais vendidas na black friday 2020 segundo a neotrust e compre e confie
Arte: Kerou Ávila

💡 Está pensando em abrir um e-commerce de roupas? Conheça essas 10 dicas para arrasar nas vendas de roupas online!

Loja virtual tem melhores resultados do que lojas físicas

Passada a Black Friday, é importante reforçar o papel do comércio eletrônico no varejo brasileiro. Em 2020, o e-commerce acompanhou a chegada de milhões de novos consumidores, pessoas que fizeram sua primeira compra online motivadas pelos cuidados de distanciamento social. E, como era de se esperar, esses novos clientes ajudaram nos bons resultados do período.

🔴 Cada vez mais, as lojas virtuais fazem parte da rotina dos brasileiros, uma tendência que promete permanecer no próximo ano, desde o pedido do lanche até a compra de bens duráveis, passando pelas lojas de artesanato, roupas e um universo cheio de possibilidades.

Ainda tem dúvidas sobre o crescimento do e-commerce no Brasil? Uma boa resposta vem da Via Varejo, dona de gigantes como Casas Bahia e Ponto Frio.

Segundo a empresa, suas plataformas digitais foram as responsáveis por 62,4% das vendas realizadas entre os dias 22 e 28 de novembro, semana da Black Friday. O crescimento das vendas online durante o período foi de expressivos 99%

Atendimento online, mas personalizado

Os resultados da Via Varejo durante a Black Friday 2020 confirmam, ainda, mais uma tendência importante para quem quer manter os negócios em alta em 2021. E acredite, a lição vale para toda loja online: mesmo à distância, os clientes costumam valorizar o atendimento personalizado.

Para ter uma ideia, cerca de 18% das vendas online da Via Varejo no período da Black Friday 2020 foram realizadas por meio do aplicativo “Me Chama no Zap”, que colocou os vendedores para falar com os consumidores pelo app de mensagens. 

Assim, a rede de lojas aproveitou a familiaridade do brasileiro com o WhatsApp para deixar o processo de compra similar ao que já é feito no dia a dia, em conversas com amigos e familiares.

👉 É sempre bom lembrar que este canal direto para conversar com possíveis consumidores pode ser usado até em pequenas e médias lojas online. Afinal, todo mundo usa o WhatsApp, uma excelente ferramenta para criar uma relação de proximidade e segurança com os clientes

💡 Você pode ver como usar o aplicativo de mensagens na sua loja online em nosso artigo Conheça as principais estratégias de vendas do WhatsApp Business.

Tendências para 2021

loja virtual tendência negócios em alta 2021
Imagem: Pexels

Nesse fim de ano, a Black Friday deixou algumas pistas de negócios e estratégias que devem continuar em alta durante 2021, além de reforçar algumas tendências observadas nos últimos meses, com todas as mudanças que o mercado enfrentou. E é sempre bom identificar quais são essas lições, certo? Então vamos lá!

👉 Experiência do consumidor em primeiro lugar

Para sair na frente da concorrência, a loja virtual precisa garantir uma ótima experiência de compra aos clientes. Isso vai desde uma navegação intuitiva, seja no celular, aplicativo ou desktop, até a embalagem que acompanha a entrega. Sem esquecer, claro, de uma comunicação simples, direta e eficiente. 

👉 Personalização

Em uma loja física, o cliente pode procurar um vendedor para tirar dúvidas sobre produtos e meios de pagamento ou resolver algum problema, certo? É importante que o consumidor também encontre essa facilidade nas compras virtuais, em qualquer etapa da sua jornada. Mantenha canais de comunicação acessíveis, fáceis de usar e, claro, eficientes. Deixe claro que você se importa com o seu público e quer oferecer uma experiência positiva do início ao fim.

Ah, e não esqueça de saber o que o público procura e como você pode atender a essas expectativas! Esse conhecimento pode te fazer sair na frente com uma ajudinha e tanto no marketing digital!

💡 Encontre as melhores dicas de divulgação no artigo Marketing digital para e-commerce.

👉 Pequenos e médios e-commerces também encontram seu lugar no mercado

Cada vez mais, o consumidor busca empresas com as quais se identifica. Uma ótima notícia para pequenas e médias lojas virtuais, que podem apostar nessa procura para conquistar mais clientes.

👉 Alternativas de frete

Economia é importante, mas não pode ser a única opção! Permita que seus clientes possam priorizar a agilidade sempre que quiserem, e não deixe de oferecer alternativas de frete na sua loja online, inclusive a entrega expressa.

👉 Lojas de roupas, bem-estar e cuidados pessoais

Nem o distanciamento social acabou com a vontade de ter roupas e acessórios novos! É só lembrar que essa foi a categoria mais vendida na Black Friday 2020.

Artigos de bem-estar e cuidados pessoais também seguem em alta. Afinal, com um ano tão turbulento, todo mundo merece alguns mimos para se sentir bem, não é mesmo?

👉 Loja virtual de Artesanato, casa e decoração

Nos últimos meses, boa parte das pessoas precisou passar muito mais tempo em casa do que estava acostumado. Nada mais justo do que deixar esse cantinho do mundo sempre aconchegante, agradável e cheio de hobbies para se distrair. Oferecer esses artigos na loja virtual pode apresentar bons resultados também em 2021!

🚀 Uma boa gestão de fretes aumenta a competitividade da loja virtual

Independente da categoria de produtos vendidos por um e-commerce, a experiência do cliente é indispensável para manter os negócios em alta. Nesse ponto, o frete eficiente não pode ser deixado de lado.

A Black Friday 2020 já mostrou que agilidade deve sempre ser levada em conta, mas melhor ainda se isso for feito com os custos otimizados, certo?

É aí que entra o Melhor Envio. Com mais de 300 mil lojistas cadastrados, negociamos contratos vantajosos com as transportadoras parceiras, inclusive os Correios. Dessa forma, podemos oferecer condições especiais aos nossos clientes, que ganham mais competitividade ao reduzir o valor da entrega.

Sem falar que, com nossa Calculadora de Fretes você encontra o melhor custo/benefício para a entrega de seus produtos em poucos segundos.

Além disso, oferecemos uma série de ferramentas de automação que agilizam os processos internos do seu e-commerce.

👉 Ah, e pode ficar tranquilo: nada disso tem custo extra, contratos pagos ou mensalidades. Você paga só pelos fretes gerados na plataforma, sem número mínimo de envios necessários!

Cadastre-se no Melhor Envio e faça com que o frete seja um ponto forte da sua loja virtual em 2021!

Posts relacionados

Deixe um comentário