A importância da cubagem no frete para e-commerce

Veja o quanto entender como funciona o cálculo da cubagem pode ser decisivo para você  ter uma gestão de fretes mais competitiva em seu negócio!

 

De uma forma geral, a cubagem se refere ao volume do pacote, ou seja, o espaço que ele irá ocupar no transporte. Este é um padrão de medida usado para verificar a dimensão dos objetos, já embalados, para precificar o custo da postagem. 

Além disso, o cálculo do metro cúbico (empregado na cubagem) leva em consideração as dimensões de largura, altura e comprimento do item. Porém, não é somente isso.

Mas por que um vendedor virtual precisa entender esse tipo de cálculo e se envolver com essa matemática toda? Simples, devido às transportadoras utilizarem a cubagem como um dos fatores determinantes do preço do frete.

Se mesmo assim, você acreditar que não precisa conhecer mais profundamente o assunto, aqui vai um alerta: saber como funciona a cubagem é fundamental para você ter certeza de que está pagando um preço justo pelo envio das suas encomendas!

Então, você tem certeza que prefere continuar sem saber qual o impacto que a cubagem pode exercer na gestão das entregas e nos seus lucros?

Se você ficou curioso para compreender realmente o custo logístico das mercadorias do seu e-commerce, continue esta leitura e fique por dentro deste assunto tão importante para o seu negócio!

Por que você deve entender sobre cubagem?

Como falamos no início deste post, a cubagem é essencial para as empresas de logística identificarem o espaço que cada carga ocupará nos veículos usados para o transporte. Por esta razão, a métrica influencia no custo do frete. Consequentemente, o assunto é do seu interesse!

Entender como operar esse cálculo ajuda os vendedores, inclusive, a terem mais critérios para escolher entre Correios e transportadoras privadas para cada tipo de envio.

Outra vantagem é a de que somente quem sabe fazer esse tipo de conta tem poder suficiente para negociar contratos mais vantajosos para a entrega de encomendas, pois está ciente do que está em jogo. 

Afinal, qual a garantia tem um vendedor – que desconhece como determinar a cubagem – de que está fazendo um bom negócio com as transportadoras? Como verificar os orçamentos apresentados pelos fornecedores com a segurança necessária? 

Certamente, o lojista preparado poderá mapear melhor os custos em logística, identificar inconsistências ou até mesmo armadilhas muito mais fácil do que o empreendedor que não atentou para esse tema. 

Você não vai fazer parte do grupo que irá arriscar, ok? Então vamos às dicas!

O que é cubagem, fator de cubagem e peso cubado

A importância da cubagem no frete para e-commerce
Saber o que significa a cubagem pode ajudar os vendedores a terem fretes mais competitivos

Até este ponto, foi possível perceber que não é apenas o peso da encomenda que define o quanto você irá pagar pelo frete dos pedidos do seu e-commerce.

Também ficou claro que não basta informar só as três dimensões de um objeto (altura, largura e comprimento) e o peso para se chegar ao preço final de um envio.  

Por isso, é necessário se compreender o que são e como funcionam os outros elementos empregados no cálculo. Assim, saiba o que significa e para que serve a cubagem, o fator de cubagem e o peso cubado. Confira:

> Cubagem

Em linhas gerais, a cubagem está relacionada ao volume que um objeto pode ocupar. Contudo, no transporte, essa aplicação precisa ser mais ampla ao caracterizar a relação entre o peso e o espaço que uma carga pode exigir durante o frete

Isso porque é fundamental ter um critério para mensurar de forma assertiva um envio que contenha, por exemplo, duas cargas com o mesmo volume, mas de pesos diferentes. É aquela velha história: o que pesa mais, uma tonelada de chumbo ou de algodão? 

O questionamento popular chega a ser clichê, já em termos logísticos, a analogia está longe de ser banal. Pelo contrário, ela resume bem o quanto é importante a ligação entre o peso e o volume para determinar a cubagem real de um objeto dentro de um meio de transporte.

Exemplos de aplicação da cubagem

Pode ser que uma carga volumosa, porém mais leve, não seja um problema em um avião cargo, para citar outro exemplo. Entretanto, com certeza, uma carga de volume menor, porém mais pesada, represente um impeditivo considerável a uma aeronave.

A mesma necessidade se aplica em um caso inverso: como no transporte de uma carga que é leve, entretanto, volumosa, desta vez em um caminhão. Se o operador logístico considerar somente o peso, há chances dele ter um prejuízo ao precificar o serviço de entrega.

Afinal, ao priorizar apenas um dos elementos envolvidos no cálculo, neste caso o peso físico (ou real), ele poderá cobrar mais barato por uma encomenda que ocupará bastante espaço e impedirá que outros pacotes possam ser transportados no mesmo veículo.

Por isso a cubagem, que é a relação entre peso e volume, é tão importante!

> Fator de cubagem

Aqui o termo se torna ainda mais específico, pois este é o número usado pelas transportadoras como padrão para determinar a cubagem adequada do objeto, de acordo com a capacidade de cada modal (rodoviário, aéreo ou marítimo).

Dessa forma, o fator de cubagem é um elemento definido segundo as características de envio, adequadas para as empresas aplicarem, em concordância, com o meio de transporte utilizado. 

Veja os os números genéricos que podem ser apresentados nestas situações: 

  • Aéreo: 1m³ = 166,7 kg
  • Rodoviário: 1m³ = 300 kg
  • Marítimo: 1m³ = 1.000 kg

> Peso cubado

Este é o dado que realmente aponta o espaço que o pacote irá ocupar durante o transporte. Por ser o cálculo final do processo, seu resultado é obtido através da seguinte fórmula:

Comprimento X Largura X Altura X Fator de Cubagem

 

Fique por dentro das bases de cálculo

No cálculo de cubagem é importante ficar atento às unidades de medida, já que as dimensões são registradas em cm e o peso cúbico em metros³

 

> Método de cálculo geral de peso cúbico (m³)

Altura X Largura X Comprimento / 1.000.000

 

☑ Vale reforçar que as dimensões da embalagem são medidas em cm, então, se você apenas multiplicar as dimensões (A x L x C), o resultado será em cm³ e não em metros. 

☑ Para que se possa obter o metro cúbico (m³) – que é outra unidade de medida – é preciso dividir o resultado da multiplicação das dimensões por 1.000.000 (ou o valor de referência da empresa, pois eles podem divergir).

☑ Portanto, este índice pode mudar conforme cada operador logístico, no caso dos Correios, por exemplo, esse número é 6.000.

Observe abaixo:

Método de cálculo utilizado pelos Correios

Altura X Largura X Comprimento /  6.000                      

Resultado: peso cúbico da encomenda em metros³

 

☑ Para entender melhor o cálculo usado pelos Correios, saiba que o valor de 6.000 é o número corresponde à relação entre peso e volume mais adequada à cubagem de aeronaves. Inclusive, ela é recomendada pela Associação Internacional de Transportes Aéreos (IATA).

O que você também precisa saber sobre o peso cúbico com os Correios

☑ A utilização do peso cúbico pela estatal só é empregada nos pacotes acima de 5kg. Pois, quando o peso cúbico das encomendas for igual ou inferior a 5 kg, prevalecerá o cálculo do peso físico (ou real).

☑ Já nos pacotes com peso cúbico superior a 5 kg, a estatal fará a comparação entre os resultados do peso físico (kg) e o peso cúbico, segundo a fórmula apresentada anteriormente: (C x L x A)/6.000 e cobrará pelo valor mais alto.

☑ Assim, a postagem de um item com 6,5 kg de peso físico (real) e com as dimensões 30x50x10/6.000, cujo peso cúbico seja 2,5 kg, terá o peso físico como o critério de precificação (maior valor no comparativo entre peso real e peso cúbico).

☑ Nos casos em que o peso cúbico for maior do que o limite de 30 kg, será cobrada uma taxa adicional ao frete.

Garanta a competitividade do seu frete

Ficou mais clara para você a importância de entender como a cubagem influencia nos preço que você paga na entrega de encomendas? Esperamos que a partir de agora, esses elementos não sejam mais tão desconhecidos no seu trabalho.

E para ajudá-lo a ser ainda mais assertivo na gestão da sua logística, sugerimos que você conheça uma tecnologia como o Melhor Envio.

Faça cotações de frete com Correios e transportadoras privadas em segundos e gere envios sem ter que negociar contratos individuais. Acompanhe a movimentação dos pacotes com rastreio inteligente e conte com a uma intermediação exclusiva em caso de sinistros.

Otimize já sua política de fretes com o apoio de uma plataforma gratuita na qual você paga apenas pelos envios gerados!

Posts relacionados

Deixe um comentário