7 motivos para vender online com uma loja virtual em tempos de quarentena

O e-commerce já vinha ganhando cada vez mais adeptos em tempos de normalidade. Agora, então, neste momento de pandemia, vender online se tornou uma necessidade para praticamente todos os negócios.

Se, por um lado, o novo coronavírus pode ter alguns impactos no e-commerce, por outro, o comércio eletrônico se mostra como uma alternativa. Em março de 2020, as pequenas e médias empresas tiveram uma alta de 140% nas vendas online, de acordo com um levantamento da Nuvemshop.

Vista a importância de seu negócio vender pela internet em tempos de quarentena, apresentamos 7 motivos pelos quais você deveria criar uma loja virtual. Vamos lá?

1. O público já está online

No Brasil, segundo o estudo Digital 2020, há 150,4 milhões de pessoas conectadas à internet. Isso representa 71% da população!

Além de estarem online, os usuários também têm o costume de buscar informações na web antes de uma compra. O mesmo levantamento que apresenta o número de internautas brasileiros aponta que 89% dos entrevistados revelaram fazer pesquisas antes de adquirirem um produto.

Especialmente durante a quarentena, exigida pela pandemia do novo coronavírus, as pessoas têm ficado mais tempo conectadas e comprado mais pela internet. Por isso, nesse momento, se você ainda não tem uma, pode ser uma boa ideia criar uma loja virtual.

2. O custo não é tão alto

Se compararmos o investimento inicial de uma loja física com o de um e-commerce, a segunda opção sai bem mais em conta.

Como poderá trabalhar de casa, você não precisará se preocupar com os custos de começar uma estrutura complexa. Além disso, você pode trabalhar sozinho, eliminando os gastos com funcionários no início.

É claro que você ainda terá gastos para começar e manter seu negócio saudável, mas eles não serão tão altos, o que pode facilitar o controle financeiro da sua empresa.

3. Vender online é simples

Por meio de uma plataforma de e-commerce, você consegue montar sua loja virtual mesmo sem experiência nenhuma. De forma intuitiva, você será capaz de carregar seus produtos, fotos e descrições, além de integrar meios de envio, como o Melhor Envio, e de pagamento com poucos cliques.

Depois de pronto o site, fazer a gestão de suas vendas é muito fácil. Você precisará se preocupar apenas com a organização dos produtos em seu estoque e com o envio das encomendas.

De acordo com a empresa de plataforma de e-commerce que escolher, você também será capaz de integrar outros canais de venda, como um marketplace, por exemplo, à sua loja virtual. Isso significa que você poderá controlar todos os pedidos pelo mesmo painel.

4. Ter uma loja virtual é seguro

Ao vender online por meio de uma loja virtual, você garante a segurança do seu negócio. Isso porque todas as transações financeiras serão realizadas por meios digitais, com o pagamento por cartões e boletos bancários. Assim, você não precisa ficar guardando dinheiro em espécie.

Ademais, ao contrário do que às vezes acontece com as vendas por meio das redes sociais, você não precisa ter contato direto com desconhecidos para enviar as compras. Através de seu site, o cliente selecionará a opção de frete e os produtos serão entregues por meio de uma transportadora.

Finalmente, em comparação a um estabelecimento na rua ou em um shopping, você não precisa ficar com a loja aberta até tarde da noite. Seu cliente compra na hora que quiser sem que você ou seus produtos fiquem expostos em locais perigosos.

5. Ao vender online, o alcance aumenta

No meio online, é possível acessar sites de todo o mundo. E o mesmo vale para o comércio digital, sendo essa uma das grandes vantagens do e-commerce para quem já tem uma loja física, inclusive.

Com uma loja virtual, será possível aumentar o alcance geográfico do seu negócio. Você vai poder vender para o Brasil todo e até mesmo para outros países.

Assim, você só precisará organizar o plano de marketing contendo suas estratégias para que o público de outras regiões comece a comprar em seu e-commerce.

6. Facilidade para analisar a concorrência

Quando você vai vender online, seus competidores também estarão na internet, o que torna a análise da concorrência muito mais fácil.

Por meio do acesso aos seus sites e perfis nas redes sociais, além do auxílio de algumas ferramentas na internet, você será capaz de saber quais seus pontos fortes e fracos em relação às outras marcas disponíveis no mercado.

7. Conquista da confiança do público

Por meio do seu próprio site, você será capaz de conquistar a confiança do público, por meio de alguns elementos.

O primeiro deles é o da prova social. Nesse sentido, você pode criar uma página com depoimentos de clientes satisfeitos com sua marca, além de disponibilizar a avaliação de cada produto. Dessa forma, quem se interessar por um artigo já vê na hora o que outras pessoas acharam dele.

Além disso, você mesmo será o responsável por alguns fatores de segurança em sua loja virtual, como o certificado SSL — representado por um pequeno cadeado ao lado da URL do site, que garante que as informações digitadas ali permanecerão privadas — e selos de instituições respeitadas no universo do comércio digital.

Tudo certo?

Esperamos que, conhecendo as informações deste artigo, você entenda as vantagens de vender online, especialmente no momento que estamos vivendo.

Não desanime e aproveite para fazer as mudanças necessárias para que seu negócio possa se adaptar à situação da quarentena. Então, está pronto para começar com as vendas pela internet?

Posts relacionados

Deixe um comentário