Entenda como o mobile impacta no e-commerce

M-commerce: entenda como o mobile impacta no e-commerce

Veja se o seu e-commerce está realmente preparado para aproveitar todo o potencial de vendas dos dispositivos móveis e como fazer do mobile um aliado

 

O avanço do e-commerce em 2018 deixou muitos vendedores otimistas com a elevação de 12% do faturamento em 2018. A marca realmente é motivo de comemoração, principalmente, por comprovar o momento de recuperação econômica. Mas a evolução das vendas digitais não para por aqui!

Enquanto o comércio eletrônico conseguiu esta marca, as compras vias dispositivos móveis, o m-commerce, cresceram 41% no mesmo período. Isso sem falar que as vendas mobile (dispositivos móveis) foram responsáveis por 42% do faturamento total do e-commerce em janeiro de 2019.

Os números revelados na pesquisa Webshoppers, desenvolvida pela Ebit/Nielsen, referência em informações sobre o e-commerce, demonstram mais do que uma tendência: mais do que nunca, o mobile deve ser pensado antes de tudo no e-commerce.

De olho neste panorama, vamos esclarecer como o m-commerce impacta nas lojas virtuais e o que fazer para acompanhar esse movimento com sucesso.

 

E-commerce na palma da mão

 

Não há como negar o apelo das pequenas telas e facilidade de acessá-las em qualquer lugar, a qualquer hora. Por mais que consideremos o público que trabalha o dia inteiro na frente de um computador, os smartphones estão sempre ao lado dos consumidores. Praticamente o tempo todo.

 

NuvemCommerce: o que você precisa saber sobre o e-ecommerce em 2019

Fonte: Relatório anual NuvemCommerce 2018



Essa realidade, contudo, aponta um alerta para os lojistas. Assim como atração pelos dispositivos móveis pode ser um aliado interessante para o e-commerce, é preciso respeitar algumas regras.

Conforme o Google, consumidores que tiveram uma experiência negativa na navegação mobile têm 62% a menos de chances de voltar a comprar nestes sites.

É de se entender a rejeição neste caso, não é mesmo? Afinal, é mais fácil pular para loja seguinte do que continuar passando trabalho para achar os produtos.

 

Aceite, o mobile veio para ficar

 

Os números falam por si mesmos. A curva de crescimento do mobile deve ir muito mais longe. Entretanto, não é somente a possibilidade de elevação dos lucros que está neste horizonte.


Conheça o e-commerce nacional em números

Fonte: Webshoppers 39

 

A questão é que os smartphones integram a rotina de milhares de pessoas, de modo que todos vivem conectados praticamente em tempo integral. Portanto, não faz o menor sentido acreditar em um cenário no qual o e-commerce não esteja vinculado diretamente ao mobile.

Entretanto, para acompanhar essa evolução é preciso atentar para o aumento do grau de exigência, cada vez maior, dos consumidores. Hoje já não basta ter um site mobile. A experiência oferecida como um todo importa.

Esta condição obriga as páginas a serem responsivas (adaptadas para a visualização em dispositivos móveis). Dessa forma, passou a ser crucial proporcionar uma visitação rápida, intuitiva e fluida em qualquer plataforma.

Ou seja, não importa se o usuário acessa o e-commerce em um computador, smartphone ou tablet. Ele quer ver os produtos com a mesma facilidade em qualquer lugar.

Que a verdade seja dita, é muito estressante ter que ficar arrastando a tela de um lado para outro para conseguir enxergar todos os itens. Se deparar com imagens minúsculas e ter dar zoom para ver os artigos é ainda mais frustrante.

Evitar que o consumidor se irrite ao navegar em uma loja virtual passou a ser a palavra de ordem para as efetivação das compras. Reduzir as chances de despertar o desgosto do público será o critério para a permanência dos lojistas no comércio eletrônico.

 

Adaptar-se é preciso   

  

Comece com uma avaliação de como o seu e-commerce é capaz de criar experiências mobile. Questione-se se suas páginas atendem às expectativas dos usuários.

Paralelamente, reúna informações sobre as preferências do seu público-alvo para saber quais são as suas necessidades. A seguir, parta para descobrir o que é preciso para atendê-las.

Pense nessa tática como um enriquecimento da sua estratégia de posicionamento no mercado. Essa atividade refletirá na competitividade, grau de fidelização e até mesmo faturamento do seu negócio. O mobile veio para ficar e não há como tentar burlar ou negar esta realidade.

O primeiro passo é verificar quais as suas condições técnicas para iniciar a adaptação caso seu site não seja responsivo ao mobile. Caso você utilize uma plataforma de e-commerce, certifique-se de que o sistema utilizado forneça suporte responsivo ao mobile.

Já se você criou sua loja virtual do zero, com o serviço de um desenvolvedor ou empresa especializada, contate os responsáveis para atualizar a tecnologia do seu site.

Agora, se você já opera no mobile, vale também reavaliar se o seu sistema está alinhado com a experiência atual da jornada de compra.

 

Criando uma experiência mobile

 

Como falamos anteriormente, você deve compreender as necessidades do seu público para elaborar uma estratégia assertiva que atenda às expectativas dele. Busque dados, insights e analise o que a concorrência e os grandes players fazem.

O objetivo não é copiar as táticas dos outros. Mas avaliar diferentes pontos de vista do mercado pode ajudá-lo a entender melhor esse universo. Como o mobile opera de forma geral, como sua marca pode usufruir desse cenário e como evitar perder espaço, são pensamentos interessantes.

Outra dica, válida para qualquer estratégia, é estar sempre atento às principais tendências do momento. Assim como seus desdobramentos. Então, até surgir algo que o substitua ou aprimore, o m-commerce deve estar sempre em sua mente.

Atentar a essas premissas,  tanto as negativas quanto as positivas, são essenciais para realmente agradar e engajar o internauta. Este é um dos motivos pelo qual o sistema mobile influencia diretamente na fidelização dos clientes no e-commerce.

Entenda que a qualidade de navegação oferecida nos dispositivos móveis determinará se aquele consumidor voltará a comprar com você. Ou irá para concorrente.

 

Amplie a assertividade do seu e-commerce

 

Essa leitura ajudou a esclarecer melhor o universo movido pelos dispositivos móveis? Esperamos que sim! Entretanto, trazemos um último aviso: não basta compreender a importância ao mobile sem incluir a entrega de encomendas no seu planejamento estratégico.

Com o Melhor Envio, a gestão da sua logística fica muito mais prática e fácil! Na plataforma, você pode cotar fretes e comparar condições com várias transportadoras.

Gerencie o transporte de cada pedido em um painel exclusivo com uma série de recursos, como rastreamento inteligente.

Você precisa conhecer nossa tecnologia e como podemos tornar o seu negócio mais competitivo! Acesse aqui o site e confira.

Confira também

Por 6 de maio de 2019 às 3:00

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por 6 de maio de 2019 às 3:00